O bacalhau é um dos alimentos mais consumidos do mundo, principalmente na Semana Santa e Natal e, apesar de acharmos que se trata de uma espécie de peixe, ele não é. Na verdade este é o nome dado ao prato que pode ser composto por até 5 espécies diferentes de peixe depois do processo da salga e secura. São elas: Gadus Morhua, Gadus Macrocephalus, Saithe, Ling e Zarbo.

  •  Gadus Morhua: também chamado de cod ou bacalhau do Porto (referência à cidade portuguesa, principal centro de comércio do peixe), é
    encontrado no Oceano Atlântico, sendo considerado o melhor e mais caro bacalhau.
  •  Gadus Macrocephalus: encontrado no Oceano Pacífico, é bem semelhante ao do Porto mas é menor, mais barato e de qualidade inferior.
  •  Saithe: possui uma carne mais escura e um sabor e aroma mais fortes que o do Porto, mas também é muito mais barato, sendo por este motivo
    muito popular no Brasil. Como é a espécie mais fácil de ser desfiada, é muito comum em ensopados e bolinhos.
  •  Ling: o que o difere dos outros bacalhaus é o fato de ser bem fino. Possui uma coloração mais clara que a do Saithe e seu preço também é bem
    razoável.
  •  Zarbo: este é o menor de todos os peixes, por seu preço ser baixo também é bem comum no mercado brasileiro. Entre os tipos de bacalhau,
    a sua carne é a de menor qualidade, mas mesmo assim é uma delícia!

Para o bacalhau ser de qualidade, os peixes são ‘sangrados’ pelos pescadores ainda em seus barcos para que a carne não escureça até chegarem à terra firme.  Após a chegada ao continente, as indústrias fazem a limpeza do peixe, retiram sua cabeça e o colocam em uma cura de sal. Esse processo faz com que o peixe fique conservado por um grande período de tempo, fato que o fez ser uma refeição muito comum em embarcações antigamente.

O bacalhau é um produto que pode ser usado em diversas receitas e de diversas maneiras, ficando uma delícia tanto em um ensopado quanto em um prato grelhado. Tá esperando o quê? Entre já em nosso site e experimente o nosso Risoto de Bacalhau com Alho-Poró e Azeite Trufado!

Quer saber mais sobre o mundo da gastronomia? Acompanhe nossos perfis de Facebook e Instagram e fique por dentro de mais curiosidades gastronômicas!

Compartilhar: