Você sabe o que é ecargot? Se sabe, tem ideia do porque são tão caros?

O escargot nada mais é que um caracol terrestre cozido e possui um valor altíssimo, simplesmente pelo fato de que criar e deixá-los prontos para consumo é
extremamente trabalhoso, além de serem produzidos em pequenas quantidades e demorarem cerca de 6 a 8 meses para atingirem o tamanho mínimo para ir à mesa.

É um animal muito frágil e com taxa de mortalidade muito alta, se comparada com os demais. Se não estiver nas condições de temperatura e umidade ideais, aproximadamente 15% dos bichinhos morre, enquanto que, com outros animais essa taxa dificilmente chega a 10%. Isso, juntamente com o fato de
que não são produzidos em grandes quantidades e demorarem para ficar no tamanho ideal, acarreta no alto valor do produto.

Existem duas principais formas de cultivo: podem ser criados em caixas de madeira ou em criatórios a céu aberto. Para se ter uma ideia, os filhotes nascem
menores que um grão de feijão. Quando atingem o peso de aproximadamente 15g são levados para o abate que pode ocorrer de duas formas: eles são colocados na
água fervente ou em um congelador até morrerem.

Após esse processo, eles têm sua carne retirada dos cascos por meio de um garfo especial. Esse procedimento é muito delicado e trabalhoso. Para termos uma
noção do seu grau de dificuldade, para obter 1kg de carne é preciso ‘descascar’ pelo menos 70 escargots, isso se nenhuma apresentar defeitos.

Finalmente acontece a lavagem, pré-cozimento, embalagem e congelamento das carnes selecionadas. Geralmente, nos restaurantes eles são colocados novamente em suas cascas para serem servidos e seu preço, nos lugares ‘mais em conta’, é de aproximadamente 50 reais por apenas 6 desses bichinhos. E você, teria coragem de experimentar?

Gostou? Então não perca tempo! Siga nossas redes sociais de Facebook e Instagram e fique por dentro de mais curiosidades do mundo gastronômico!

Compartilhar: